Exército sudanês acusa rebeldes de Darfur pelo seqüestro de 8 militares

Cartum, 26 abr (EFE).- O Exército do Sudão disse hoje que uma facção rebelde da região de Darfur seqüestrou dois oficiais e seis soldados sudaneses em uma emboscada montada há dois dias na região vizinha de Kordofan.

EFE |

A denúncia foi feita pelo diretor do Escritório do Porta-voz do Exército sudanês, Al Sawarmi Khalid Saad, que, em uma entrevista em Darfur, classificou o fato como "uma ação hostil e imoral".

Saad disse que o seqüestro de dois dias atrás foi obra de combatentes de uma facção dissidente da organização rebelde Movimento pela Justiça e a Igualdade (MJI).

O porta-voz do Exército sudanês acrescentou que o grupo capturou os militares enquanto eles seguiam para uma região com campos de petróleo.

No entanto, Saad revelou que o chefe da facção rebelde, Moussa Marhum, disse em um contato com as autoridades que gostaria de "colaborar com o Governo" (na libertação dos soldados).

Nos últimos dois anos, Kordofan, a leste de Darfur, foi cenário de vários acidentes e confrontos entre os grupos insurgentes de Darfur e as tropas sudanesas. EFE az/wr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG