Exército paquistanês mata pelo menos 20 rebeldes em bombardeios

Islamabad, 19 out (EFE).- Pelo menos 20 rebeldes morreram hoje em bombardeios aéreos das forças de segurança do Paquistão no distrito de Swat, no norte do país, informou à Agência Efe o porta-voz militar Athar Abbas.

EFE |

Segundo a fonte, até o momento foram confirmadas as mortes de mais de 20 extremistas na região de Barthana. Porém, o número definitivo de vítimas demorará a sair, já que o Exército não tem quase presença na área.

A emissora "Geo TV", que cita fontes não identificadas, elevou para 100 o número de mortos durante a ofensiva em Swat, na Província da Fronteira do Noroeste.

O porta-voz militar explicou que a operação militar, executada às 7h30 de domingo (23h30 de sábado em Brasília), tinha como alvo o esconderijo de um líder dos insurgentes.

O Exército afirmou ontem que outros 60 rebeldes perderam a vida em vários localidades do Vale do Swat, onde desde o início das operações, no final de julho, mais de 500 fundamentalistas morreram, segundo as Forças Armadas do Paquistão. EFE igb/wr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG