Exército paquistanês mata 24 extremistas na fronteira com o Afeganistão

Pelo menos 24 militantes islamitas morreram neste sábado em enfrentamentos com tropas governamentais paquistanesas em uma zona perto da fronteira com o Afeganistão, informara os serviços de segurança.

AFP |

Mais de 150 militantes islamitas morreram desde quinta-feira em várias partes do distrito de Bajaur, de onde o Exército paquistanês tenta expulsar os extremistas talibãs e os militantes da Al-Qaeda refugiados nesta zona tribal fronteiriça com o Afeganistão.

"Vinte e quatro militantes morreram em Bajaur nos últimos enfrentamentos", declarou o diretor, que acrescentou que os helicópteros militares destruíram também vários esconderijos talibãs na região.

As forças paquistanesas executam há várias semanas ações contra as posições dos rebeldes islamitas em Bajaur, dentro de uma ampla operação que já deixou 700 mortos - a maioria extremistas - e 260.000 deslocados.

str-adm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG