Islamabad, 7 mai (EFE).- O Exército paquistanês enviou hoje reforços ao conflituoso Vale do Swat, onde continuam os combates com os talibãs, disse à Agência Efe um porta-voz militar, que disse que o Governo anunciará em breve o começo de uma nova operação militar na região.

"Estamos enviando mais tropas a Swat. Estão acontecendo enfrentamentos com os insurgentes em muitas áreas do vale. O primeiro-ministro (paquistanês), Yousuf Raza Gillani, anunciará hoje formalmente que começa uma nova operação", disse o porta-voz militar, general Athar Abbas.

Um porta-voz governamental confirmou à Efe a iminência de um discurso à nação de Gillani.

As forças de segurança travam há dois dias intensos combates contra os fundamentalistas, que controlam grande parte do vale.

O Governo da Província da Fronteira Noroeste chegou em fevereiro a um acordo com a insurgência talibã que significava a aplicação da sharia (lei islâmica) em vários distritos do Paquistão, em troca da pacificação do vale, em conflito desde meados de 2007.

Em virtude do acordo, tanto os talibãs quanto o Exército se comprometeram a uma trégua.

O pacto foi aprovado pelo Parlamento nacional e ratificado depois pelo presidente paquistanês, Asif Ali Zardari, mas o avanço talibã para demarcações vizinhas a Swat levou o Exército a lançar ofensivas recentemente nos distritos de Buner e de Dir. EFE igb/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.