Exército paquistanês enfrenta entre 4 a 5 mil insurgentes, segundo porta-voz

Islamabad, 8 mai (EFE).- O Exército paquistanês enfrenta cerca de quatro mil ou cinco mil insurgentes na operação recém iniciada no vale de Swat, norte do país, afirmou hoje o porta-voz militar, Athar Abbas, quem alertou que os talibãs estão agora melhor preparados.

EFE |

O Exército continua uma estratégia que procura a eliminação física dos líderes do movimento talibã, que conta com o apoio da Al Qaeda e de fundamentalistas procedentes da região oriental paquistanês do Punjab, disse Abbas em entrevista ao canal "Dawn TV".

Há algumas semanas, uma fonte dos serviços secretos consultada pela Efe cifrou em 2,5 mil os fundamentalistas armados no vale.

A entrevista completa será televisada hoje, enquanto o Exército continua com sua operação no vale de Swat e nos distritos adjacentes de Dir e Buner, pertencentes todos à divisão de Malakand, após receber ontem à noite a ordem oficial do Governo, que representa a ruptura do acordo de paz.

"O povo viu sua verdadeira cara (dos talibãs). Viu que seus objetivos vão muito além de implantar a sharia. Por isso entraram em Dir e Buner", declarou Abbas. EFE igb-daa/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG