Exército paquistanês detém porta-voz dos talebans em Swat

ISLAMABAD - As forças de segurança paquistanesas detiveram um importante líder insurgente que era porta-voz dos talebans no Vale do Swat, informou nesta sexta-feira o porta-voz do Exército, Athar Abbas.

EFE |

"Detivemos Muslim Khan. Mas não podemos dar mais detalhes neste momento, poderia ajudar os insurgentes", disse Abbas, que não precisou as circunstâncias da detenção do porta-voz de Tehrik-e-Taleban Pakistan (TTP), movimento que reúne diversas facções talibãs do país.

Abbas acrescentou que as forças que comanda também têm sob sua custódia outro importante líder da região, o comandante Mahmoud Khan.

Em comunicado posterior, o comando militar paquistanês explicou que os dois foram detidos junto com outros "três líderes terroristas" durante uma operação em Mingora, principal localidade de Swat, mas não especificou quando.

"Os terroristas detidos estão sendo interrogados. As forças de segurança estão realizando operações a partir da informação obtida", indicou o Exército na nota.

A notícia é divulgada depois que hoje o jornal paquistanês "The News" informou sobre supostas conversas secretas durante os últimos oito dias de cinco membros da cúpula talibã em Swat, entre eles Muslim Khan e Mahmoud Khan, com o comando militar.

De acordo com o jornal, que cita fontes da insurgência, os representantes talebans estavam em paradeiro desconhecido há pelo menos três dias e se suspeitava que tinham sido detidos pelas forças de segurança.

No entanto, o Exército desmentiu esta versão em seu comunicado de hoje.

"Já declaramos que não haverá conversas com nenhum terrorista. Se querem se render, deveriam entregar suas armas à Administração civil", disse.

As autoridades paquistanesas tinham oferecido meses atrás uma recompensa de 10 milhões de rúpias (US$ 120 mil) por informação que ajudasse a capturar tanto Muslim Khan quanto Mahmoud Khan.

O Exército paquistanês deu por concluída, em julho, a maior parte de uma operação em grande escala que lançou no final de abril em Swat e em outros distritos adjacentes, depois que os talibãs aproveitaram uma trégua para se expandir a outros territórios.

Leia mais sobre Paquistão

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG