Comandos do exército paquistanês atacaram nesta quinta-feira um hospital particular situado num reduto talibã do noroeste, próximo ao Afeganistão, onde mataram quatro combatentes estrangeiros e uma mulher.

As tropsa atacaram o hospital de Wana, principal cidade do distrito tribal do Waziristão do Sul, durante a madrugada, iniciando combates que duraram cerca de cinco horas.

O comando iniciou o ataque depois de ser informado que milicianos feridos haviam sido internados no hospital depois de trazidos de Sherwangi, uma zona dominada pelos talibãs e na qual o exército trava uma grande ofensiva desde outubro.

shk-hk/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.