Exército mobiliza 15 mil soldados para operação no leste da Argélia

Argel, 9 set (EFE) - O alto comando do Exército argelino mobilizou 15 mil soldados para uma grande operação antiterrorista nas densas florestas do leste do país, informou hoje a imprensa local. A operação tem como alvo os abrigos dos comandos terroristas nas províncias de Skikda, Jijel e Batna, onde se suspeita que estejam 400 militantes da organização Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI). O triângulo formado por estas províncias é a segunda zona em importância na qual operam os comandos do AQMI, após a da região da Cabília, com a qual faz divisa a leste. Segundo as mesmas fontes, a operação, cujos últimos detalhes estão sendo finalizados, é uma das maiores empreendidas na Argélia desde o começo da luta contra o terrorismo, quanto a recursos humanos e materiais mobilizados. Há poucos dias, cerca de 7.500 soldados começaram a fazer os preparativos logísticos da ofensiva com a abertura de vias e a limpeza do intrincado terreno da zona.

EFE |

A operação se inscreve nos novos planos de segurança iniciados nas últimas semanas pelo Governo argelino, que incluem um reforço do controle dos acessos aos grandes núcleos urbanos e o aumento da presença militar nas áreas rurais.

Após uma série de até cinco atentados suicidas em meados de agosto que causaram dezenas de mortos, as ações terroristas diminuíram sensivelmente no país nas últimas duas semanas.

Desde o começo do mês sagrado muçulmano do Ramadã, em 1º de setembro, ocorreram três atentados com um saldo de dois mortos e dois feridos. EFE sk/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG