Exército mata seis terroristas islamitas no leste da Argélia

Argel, 26 ago (EFE).- O Exército argelino matou seis supostos terroristas islamitas e capturou outros três nos últimos dois dias na província de Skikda e na Cabília, no leste do país, informaram hoje fontes de segurança.

EFE |

Quatro terroristas morreram na segunda-feira na localidade de Ferdi, em Skikda, após um intenso bombardeio na área realizado por helicópteros de combate.

Os cadáveres carbonizados dos terroristas foram levados para um quartel militar perto da localidade do Oueldja.

Os outros dois supostos terroristas morreram no mesmo dia em uma operação de rastreamento de unidades do Exército na zona de Taouerga, na província de Boumerdès Outros três membros dos grupos terroristas foram detidos no domingo em Thahnout, na província de Tizi-Ouzou, capital da Cabília, depois que a presença deles foi indicada por habitantes da área.

Estas operações elevam para 28 o número de membros dos grupos armados mortos nas últimas três semanas.

Em 7 de agosto, doze terroristas morreram em uma emboscada colocada pelos militares em Beni Douala, na Cabília.

Em comunicado divulgado na quinta-feira passada, a organização terrorista Al Qaeda para o Magrebe Islâmico reivindicou a autoria dos atentados que deixaram dezenas de mortos essa semana e afirmou que estes foram realizados em resposta à morte de seus militantes em Beni Douala. EFE sk/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG