Exército mata dois supostos terroristas e um civil no Iraque

Bagdá, 14 out (EFE).- Dois supostos terroristas e um civil morreram hoje e outras seis pessoas ficaram feridas em batidas e atentados ao norte e ao sul de Bagdá, informaram fontes do Exército americano e do Ministério do Interior iraquiano.

EFE |

Os dois supostos extremistas foram mortos em uma operação de tropas da coalizão multinacional na área de Chaft Al Asha, a cerca de 96 quilômetros de Mossul, capital da província de Ninawa, no norte do país, informou um comunicado do Exército americano.

Além disso, três suspeitos foram detidos na batida, empreendida para capturar um homem suspeito de colaborar com operadores da rede terrorista Al Qaeda.

A nota também informou que outras dez pessoas suspeitas de vínculos com a Al Qaeda e outros grupos armados foram detidos entre ontem e hoje em operações nos arredores de Mossul.

Por sua vez, um civil também foi morto pelos disparos dos soldados iraquianos na área de Abu Al Joseib, próxima à cidade portuária de Basra, a cerca de 580 quilômetros ao sul de Bagdá, informaram fontes do Ministério do Interior.

Segundo seu relato, a vítima foi abatida após ignorar chamadas dos militares à população para que não saísse às ruas durante as inspeções que os uniformizados realizavam em casas para deter homens procurados pela Justiça e apreender armas.

Além disso, seis pessoas ficaram feridas pela explosão de artefatos nos bairros de Al Talebiyat e Al Karrada, respectivamente no leste e no centro da capital iraquiana. EFE am-aj/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG