Exército mata 34 rebeldes no norte do Paquistão

Islamabad, 18 jun (EFE).- O Exército do Paquistão disse hoje que, nas últimas 24 horas, matou 34 rebeldes no norte do país, onde combate os talibãs desde o fim de abril.

EFE |

Em nota, o comando militar paquistanês informou que soldados tiraram a vida de seis insurgentes no distrito de Alto Dir e de mais 28 no Vale do Swat, principal cenário da grande operação em curso na região de Malakand.

Nos confrontos travados nessas localidades, cinco soldados ficaram feridos e sete "supostos" insurgentes foram detidos.

O Exército paquistanês disse ainda ter distribuído 539 milhões de rúpias (US$ 6,7 milhões) aos deslocados pelo conflito.

Cálculos militares indicam que mais de 1,4 mil fundamentalistas e 100 soldados já morreram nas operações de Malakand. Os números não incluem as mortes de civis.

O Exército também abriu outra frente de batalha na região tribal do Waziristão do Sul, reduto de Baitula Mehsud, líder dos talibãs paquistaneses.

Após o anúncio de que uma nova ofensiva começaria, aviões militares iniciaram os bombardeios sobre a região. EFE igb/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG