Exército lança ofensiva contra milicianos xiitas no sul do Iraque

O Exército iraquiano iniciou nesta quinta-feira uma operação contra milicianos xiitas em Amara, sul do Iraque, anunciou o porta-voz da polícia da província de Missan.

AFP |

"A operação começou durante a madrugada e a situação é normal. Não houve nenhum problema", disse o porta-voz Mehdi al-Assadi.

O Exército, apoiado por tropas americanas, mantinha um amplo contigente na área desde sábado, por ordem do primeiro-ministro Nuri al-Maliki, na previsão de uma operação contra os milicianos xiitas.

O premier deu prazo aos milicianos até a noite de quarta-feira para a entrega das armas.

O ministro da Defesa, Abdel Khassim Mohammed, garantiu que o ultimato foi um "sucesso", já que muitos insurgentes entregaram as armas. Outros fugiram da região.

Maliki pediu às tropas que não dirijam especificamente os ataques contra os membros do Exército de Mahdi, milícia do clérigo radical xiita Moqtada al-Sadr, e pediu a estes últimos que se afastem dos elementos mais extremistas.

Com a prudência, o governo tenta evitar uma escalada com o poderoso Exército de Mahdi, inimigo ferrenho dos americanos.

O governo iraquiano foi acusado em operações, realizadas nos últimos meses em Basra (sul) e Sadr City - reduto de Moqtada al Sadr em Bagdá - de provocar o Exército de Mahdi, com a prisão sistemática de seus membros.

As ofensivas provocaram intensos combates, com centenas de mortos.

Os milicianos que fugiram de Basra e Sadr City teriam se refugiado justamente em Amara, cenário da atual ofensiva, 365 km ao sul de Bagdá.

bms-kat/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG