Jerusalém - Um jovem palestino suspeito de terrorismo foi morto pelo Exército israelense no campo de refugiados de Balata, perto da cidade de Nablus, na Cisjordânia, confirmou hoje à Agência Efe uma porta-voz militar.

O palestino, identificado como Mohammed Kamer Ibrahim Abu Darah, de 26 anos, foi detido ontem à noite durante uma operação conjunta do Exército israelense e da agência de inteligência interior, Shin Bet, segundo a mesma fonte.

De acordo com a fonte, Abu Darah foi baleado em uma tentativa de fuga e encaminhado em seguida a um hospital israelense em Hadera.

Segundo a porta-voz, o jovem era um "terrorista procurado", pertencente ao grupo Tanzim, termo usado por Israel para se referir às milícias vinculadas ao Fatah.

Abu Darah teria "participado de ataques com artefatos explosivos e no transporte de explosivos de uma região a outra", e pretendia "lançar um ataque terrorista contra Israel", acrescentou a porta-voz.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.