Exército israelense mata jovem palestino perto da fronteira de Gaza

Gaza, 10 jul (EFE).- O Exército israelense anunciou hoje que suas forças mataram um jovem palestino nas imediações da fronteira com o Estado judeu, ameaçando a frágil trégua com o Hamas alcançada no dia 19 de junho.

EFE |

Um porta-voz militar israelense disse que soldados de seu país desdobrados nas proximidades da fronteira avistaram um indivíduo se aproximando e o mataram depois que o jovem não respondeu às ordens para recuar.

O porta-voz do Exército israelense confirmou que o palestino não estava armado.

Esta é a primeira morte desde o início da trégua entre Israel e o movimento islâmico Hamas.

Fontes médicas palestinas disseram que o Estado judeu informou que "o morto tinha cerca de 20 anos e perdeu a vida ao ser atingido por fogo israelense às 07h30 (1h30 de Brasília), nas proximidades da fronteira de Kisufim, uma passagem comercial ao leste da cidade de Khan Yunes, no sul de Gaza". EFE sar/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG