Exército israelense mata civil palestino na Cisjordânia

JERUSALÉM - Um civil palestino de 67 anos de idade foi morto na noite desta terça-feira pelo Exército israelense durante uma operação na Cisjordânia, confirmaram hoje à Agência Efe fontes militares.

EFE |

"Durante a noite, enquanto uma patrulha realizava uma operação rotineira na localidade de Al Yamoun (ao noroeste de Jenin), um homem abriu fogo contra os soldados, que identificaram o local de onde saíam os disparos e responderam", disse à Efe um porta-voz do Exército israelense.

Segundo este porta-voz, "o homem morreu e ao lado de seu corpo foi encontrada uma espingarda de caça e, nas imediações, munição para a mesma, o que demonstra que ele atacou as forças (israelenses)".

A emissora de rádio "Voice of Palestine" (Voz da Palestina) assegurou, citando fontes médicas, que Mohammed Abahra, perdeu a vida por causa de uma bala que atravessou seu abdômen.

Seus familiares disseram à que Abahra tinha saído de sua casa para inspecionar uma estufa, onde tinha ouvido um barulho.

Quando Abahra entrou no local com uma lanterna, encontrou os soldados israelenses que o atacaram e o deixaram no local sangrando durante horas, relatou sua família.

Leia mais sobre Israel

    Leia tudo sobre: israelpalestina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG