Exército israelense mata a tiros membro do Hamas na Cisjordânia

As forças de segurança israelenses mataram a tiros na quarta-feira um membro do movimento islâmico palestino Hamas quando este tentava evitar sua prisão próximo à cidade de Jenin, na Cisjordânia ocupada, informou o Exército em um comunicado divulgado nesta quinta-feira.

AFP |

"A princípio, o indivíduo, Talal Sa'ad Talal Abed, sofreu ferimentos críticos e recebeu tratamento médico no local dos fatos, mas morreu a caminho do hospital" após ter sido alvejado, indicou o texto.

"Abed, de 32 anos, morador de Kafr Dan, era membro da infra-estrutura terrorista do Hamas no povoado; uma infra-estrutura que tentou enviar um suicida a Israel", acrescentou o comunicado.

"Após a tentativa frustrada, vários membros da célula foram presos pelas forças de segurança palestinas. Apesar disso o grupo continuou envolvido em atividades terroristas, e planejava um ataque terrorista iminente", acrescentou o comunicado.

O texto divulgado pelo Exército israelense assegurava que a célula recebia "instruções de líderes terroristas" da Faixa de Gaza, controlada pelo Hamas.

Leia mais sobre: Israel - Hamas

    Leia tudo sobre: israelpalestinapalestinos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG