Exército israelense mata 3 milicianos palestinos em Gaza

Jerusalém, 23 dez (EFE).- O Exército de Israel matou hoje três milicianos em Gaza no enfrentamento mais grave desde que na última sexta-feira terminou a trégua de seis meses entre o Estado judeu e Hamas, que controla a Faixa, informa a imprensa local.

EFE |

Segundo as fontes, os milicianos foram mortos quando se aproximavam com explosivos da cerca que separa esse território palestino e Israel, no norte da Faixa.

O enfrentamento aconteceu depois do fim da curta trégua que o Hamas declarou de forma unilateral para permitir a entrada em Gaza de um comboio de 40 caminhões com ajuda humanitária.

Fontes ligadas ao movimento islâmico não tinham descartado a prorrogação do cessar-fogo e o enfrentamento aconteceu junto com gestões diplomáticas para tornar essa possibilidade realidade.

Pouco antes do incidente armado, o presidente palestino, Mahmoud Abbas, tinha anunciado no Cairo que o Egito redobrará seus esforços de mediação para estender a trégua que Israel e Hamas pactuaram em junho e que terminou no fim de semana passado.

A visita de Abbas ao Cairo - onde esteve reunido com o presidente egípcio, Hosni Mubarak -, ocorreu pouco antes de a ministra de Assuntos Exteriores israelense, Tzipi Livni, ter visitado essa capital na quinta-feira para sondar uma possível renovação do cessar-fogo. EFE amg/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG