Exército israelense devolve à Faixa de Gaza partidários do Fatah foragidos

JERUSALÉM - O Exército israelense começou neste domingo a devolver à Faixa de Gaza os membros do clã Hilles, seguidores do partido Fatah, foragidos ontem após serem atacados pelas forças de segurança do movimento islamita Hamas.

EFE |

Pelo menos 32 dos cerca de 190 palestinos que foram amparados ontem à noite em território israelense foram devolvidos a Gaza, informou o diário "Yedioth Ahronoth" em sua versão digital.

A devolução ocorre após um acordo entre o ministro da Defesa israelense, Ehud Barak, e o presidente da Autoridade Nacional Palestina (ANP) e membro do Fatah, Mahmoud Abbas, e contraria a informação inicial de que seriam transferidos à Cisjordânia, governada pelo Fatah.

Fontes de segurança declararam aos meios de comunicação que os demais membros do clã Hilles serão devolvidos à Faixa entre hoje e amanhã, exceto os 20 que se encontram hospitalizados, que voltarão à região tão logo melhore seu estado.

Os cerca de 200 membros do clã, entre os quais se encontram altos dirigentes do Fatah na Faixa, correm grande risco de ser detidos pela Polícia do Hamas tão logo entrem em Gaza.

Eles fugiram após um longo enfrentamento armado que se iniciou na manhã de ontem no bairro de Shijaiyeh, no leste da capital, quando a Polícia do Hamas iniciou um ataque contra o clã Hilles, acusado de perpetrar os três atentados que no fim de semana passado custaram a vida de sete pessoas, das quais cinco eram milicianos islamitas.

Nove pessoas morreram, e cerca de 90 ficaram feridas durante os conflitos.

Trata-se dos mais graves incidentes armados ocorridos em Gaza desde que o Hamas expulsou as forças leais ao Fatah e tomou o poder na Faixa, em junho de 2007.

Leia mais sobre: Israel - Palestina

    Leia tudo sobre: israelpalestina

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG