Exército israelense bombardeia hospital do Crescente Vermelho em Gaza

Cairo, 15 jan (EFE).- Um hospital do Crescente Vermelho Palestino na Faixa de Gaza foi alvo hoje de bombardeios do Exército israelense, informou a rede de televisão catariana Al Jazira, que não pôde precisar se houve vítimas.

EFE |

Segundo o canal, que cita fontes do Crescente Vermelho Palestino, a farmácia do hospital e o segundo andar de um edifício que abriga vários escritórios administrativos no bairro de Tel Hawa estão em chamas, em conseqüência dos bombardeios.

Segundo as fontes, os bombardeios começaram no início da manhã, quando um armazém do Crescente Vermelho foi atingido por projéteis israelenses.

As fontes não puderam precisar se houve vítimas nem quantificar os danos materiais causados, já que perderam o contato com a sede em conseqüência dos ataques.

Segundo o site da "Al Jazira", cerca de 500 pessoas, incluindo os médicos e doentes, estavam dentro do hospital no momento dos bombardeios.

Além disso, dois cinegrafistas palestinos ficaram feridos hoje em um bombardeio israelense contra um complexo em Gaza que abrigava meios de comunicação de vários países, informou a agência palestina "Ma'an".

Os dois câmeras feridos, cujo estado é desconhecido, trabalham para a televisão de Abu Dhabi, segundo o responsável desse meio de comunicação em Gaza.

O Exército israelense também atacou esta manhã o principal complexo da UNRWA, a agência da ONU para os refugiados palestinos, onde pelo menos três pessoas ficaram feridas. EFE hh/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG