Exército iraquiano detém importante membro do Bloco Sadr

Bagdá, 19 jun (EFE).- O vice-governador de Amara, Rafie Yabar, pertencente ao Bloco Sadr, foi detido durante uma grande ofensiva militar do Exército iraquiano, iniciada hoje na província de Misan, no sul do Iraque.

EFE |

O porta-voz do escritório do Sadr em Misan, Adnan al-Silaui, confirmou à agência iraquiana "Asuat al-Iraque" a detenção de Yabar, uma figura destacada do bloco, leal ao clérigo xiita Moqtada al-Sadr, e de outras seis pessoas em Amara, capital de Misan.

As tropas iraquianas iniciaram hoje uma operação militar chamada "Profecias da paz" nessa província, de maioria xiita, contra "bandidos, proscritos e milícias ilegais".

Segundo Silaui, o começo da ofensiva "foi acompanhado de muitos abusos" e de desrespeitos com as famílias, que foram "aterrorizadas e insultadas".

Silaui também denunciou que "todos os detidos até o momento pertencem à corrente de Sadr e não são proscritos".

O porta-voz do Ministério da Defesa iraquiano, Mohammed al-Askari, afirmou que as forças de segurança apreenderam vários arsenais de armas.

Segundo fontes policiais de Amara, citadas pela agência, foi imposto um toque de recolher na cidade, que tem cerca de 250 mil habitantes, para facilitar as operações.

Misan é um dos redutos da milícia xiita pró iraniana Exército Mehdi, do Moqtada al-Sadr, acusada pelas Forças Armadas americanas de ter vínculos com a Guarda Revolucionária iraniana. EFE am/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG