Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Exército iraquiano dá prazo de três dias para desarmamento em bairro xiita

O Exército iraquiano deu prazo de três dias para desarmar o bairro xiita de Kazimiyah em Bagdá, um dos redutos da milícia do clérigo radical Moqtada al-Sadr.

AFP |

"Seguindo instruções do primeiro-ministro, o comando militar de Bagdá prevê desarmar todas as cidades sagradas", declarou em entrevista coletiva o porta-voz do Exército na capital, general Qasin Ata.

"Decidimos transformar Kazimiyah em uma zona sem armas. Pedimos a todos que possuem armas que as entreguem nos próximos três dias", afirmou.

"Passado este prazo, qualquer um que seja encontrado em posse de uma arma deverá enfrentar as conseqüências", advertiu.

"O comando de Bagdá, em coordenação com o gabinete do primeiro-ministro, reunirá todas as armas em posse ilegal de indivíduos ou grupos políticos", acrescentou.

Ao lado do imenso bairro pobre de Sadr City, na zona nordeste de Bagdá, Kazimiyah é uma das grandes áreas xiitas da capital iraquiana, onde o movimento do clérigo radical Moqtada al-Sadr tem muitos seguidores.

As tropas americanas e iraquianas enfrentam há três dias os milicianos sadristas em Sadr City.

O governo do premier Nuri al-Maliki, respaldado pelos Estados Unidos, enfrenta desde o fim de março Moqtada al-Sadr e sua milícia, o exército de Mahdi.

hba/fp

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG