Exército iraquiano comandará ofensiva militar no dia 1o de agosto em Diyala

O Exército iraquiano lançará uma vasta operação militar que envolverá cerca de 30.000 homens no dia 1o de agosto na província de Diyala, um baluarte da Al-Qaeda a nordeste de Bagdá, indicaram fontes militares iraquianas à AFP nesta quarta-feira.

AFP |

"Esta operação tem como objetivo limpar a região de insurgentes, da Al-Qaeda ou das milícias, que ainda restam", disse uma das fontes.

Para toda a província de Diyala foram levados cerca de 30.000 membros das forças de segurança iraquianas, indicou a fonte militar, sem indicar a proporção de militares e policiais.

"A operação será liderada pelo Exército iraquiano. A única coisa que será feita pelo Exército norte-americano, a priori, será observar (...). Se os iraquianos solicitarem ajuda, nós os ajudaremos. Caso contrário, não faremos nada", explicou um oficial norte-americano que não quis revelar sua identidade.

No dia 13 de julho, o ministro do Interior iraquiano havia anunciado essa operação sem indicar a data exata, considerando que haverá "duros combates".

"Em breve haverá uma operação de nossas forças de segurança" em Diyala, concretamente na capital Baquba (60 km ao norte de Bagdá), declarou o general Abdelkarim Jalaf, porta-voz do ministério.

A província de Diyala, considerada a mais perigosa do Iraque, é assolada regularmente por atentados que são resultado da luta entre membros da Al-Qaeda e os "Sahwa", comitês de ex-insurgentes engajados na luta contra a rede extremista.

mba/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG