Nova Délhi, 27 nov (EFE).- Um alto comando militar confirmou hoje que um paquistanês foi preso e afirmou que os outros terroristas envolvidos nos ataques de Mumbai (ex-Bombaim) parecem ser paquistaneses.

Em declarações à emissora "NDTV", o general R.K. Huda disse que nas conversas interceptadas os terroristas falavam punjabí, língua falada na província paquistanesa do Punjab e também em uma região com o mesmo nome em território indiano. EFE amp/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.