Exército iemenita encontra 100 corpos de rebeldes mortos em combate

Sana, 23 ago (EFE).- O Exército iemenita encontrou 100 cadáveres de rebeldes xiitas que morreram nos últimos dois dias em confrontos com as forças governamentais na província de Amran, no norte do país, informaram hoje fontes militares.

EFE |

As fontes explicaram à Agência Efe que os corpos foram achados na região estratégica de Harf Sofian, que estava controlada pelos rebeldes seguidores do clérigo xiita Abdel Malek al Huti. O Exército iemenita teria recuperado o controle total da zona.

Por outro lado, fontes dos rebeldes negaram que as forças governamentais iemenitas tenham controlado a região, e insistiram em que os seguidores de Huti ainda se concentram em vários pontos da zona.

Os aviões militares continuaram pelo 13º dia consecutivo seus bombardeios contra supostos refúgios de rebeldes em diferentes pontos da província de Saada.

Os insurgentes xiitas são o alvo de uma forte ofensiva terrestre e aérea lançada pelo Governo iemenita no último dia 11 em Saada, que forçou milhares de famílias a fugir de seus lares e buscar refúgio em acampamentos temporários.

Os insurgentes, liderados por Huti, estão entrincheirados em remotas zonas montanhosas de Saada, na fronteira com a Arábia Saudita. EFE ja/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG