O Exército francês admitiu nesta quinta-feira ter matado por engano quatro civis afegãos em 6 de abril, que foram vítimas de um míssil Milan disparado durante uma operação franco-afegã contra a insurgência, informou o porta-voz militar Christophe Prazuck." /

O Exército francês admitiu nesta quinta-feira ter matado por engano quatro civis afegãos em 6 de abril, que foram vítimas de um míssil Milan disparado durante uma operação franco-afegã contra a insurgência, informou o porta-voz militar Christophe Prazuck." /

Exército francês admite que matou civis afegãos por engano

O Exército francês admitiu nesta quinta-feira ter matado por engano quatro civis afegãos em 6 de abril, que foram vítimas de um míssil Milan disparado durante uma operação franco-afegã contra a insurgência, informou o porta-voz militar Christophe Prazuck.

AFP |

O Exército francês admitiu nesta quinta-feira ter matado por engano quatro civis afegãos em 6 de abril, que foram vítimas de um míssil Milan disparado durante uma operação franco-afegã contra a insurgência, informou o porta-voz militar Christophe Prazuck.

No mesmo dia, a Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) informou que um ataque aéreo de suas forças no sul do Afeganistão matou quatro civis, incluindo duas mulheres e uma criança.

sj-mad/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG