Zamboanga (Filipinas), 26 ago (EFE).- O Exército filipino prossegue hoje, pelo quinto dia consecutivo, sua ofensiva contra grupos rebeldes da Frente Moura de Libertação Islâmica (FMLI), de quem já tomou 15 posições no sul de Mindanao.

O Exército, segundo informaram fontes militares, procura nessa região os chefes insurgentes Umbra Kato, Aleem Sulaiman Pangalian e Abdurahman Macapaar, conhecido como "Comandante Bravo", a quem responsabiliza pelos ataques a civis ocorridos em povoados cristãos no começo de agosto.

O Governo assegurou que não vai parar com os ataques por terra e ar até que capture, "vivos ou mortos", esses três comandantes guerrilheiros, que segundo a cúpula do FMLI não atuam sob suas ordens. EFE rp/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.