Exército evita atentado contra maior represa da Turquia

Ancara, 7 out (EFE).- O Exército turco acabou hoje com um comando do grupo armado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) que pretendia sabotar a construção da represa de Ilisu, informou à Agência Efe uma testemunha.

EFE |

Por volta das 21h (15h, Brasília) "um grande grupo" de militantes do PKK foi captado pelas câmaras de vigilância das autoridades turcas enquanto tentavam penetrar na obra da represa de Ilisu, um dos maiores projetos desse tipo do país, que permitirá a irrigação do sudeste da Turquia, de maioria curda.

Quando detectada a presença de membros do PKK, as autoridades avisaram o Exército que enviou vários helicópteros de combate para neutralizar o grupo.

Segundo a testemunha consultada pela Efe, os combates foram duros e se prolongaram pelo menos durante duas horas.

Fontes do Exército confirmaram que todos os militantes do comando do PKK foram mortos pelas forças turcas.

A represa de Ilisu, situada no rio Tigre, começou a ser construída em 2006 e conta com um orçamento de US$ 2 bilhões.

Uma vez em andamento, está previsto que tenha uma capacidade suficiente para se transformar na maior usina hidrelétrica do país, além de servir para regar a região seca. EFE dt/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG