Os rebeldes de Laurent Nkunda e o Exército da República Democrática do Congo (RDC) travaram combates na manhã deste domingo na cidade estratégica de Kanyabayonga, na província de Kivu Norte (leste).

"As Forças Armadas nos atacaram. Estão usando artilharia de longo alcance e tanques. Os combates prosseguem", declarou à AFP o porta-voz do Congresso Nacional para a Defesa do Povo (CNDP, rebelião), Bertrand Bisimwa.

"Nós respondemos e tomamos a decisão de rechaçá-los para o mais longe possível", acrescentou Bisimwa, que não revelou se os rebeldes pretendem tomar Kanyabayonga.

No sábado, rebeldes e soldados do governo se enfrentaram na mesma área, em Kabasha, cidade 15 km ao sul de Kanyabayonga, ponto de acesso para a parte setentrional da província de Kivu Norte.

O confronto aconteceu pouco antes do início da reunião entre o enviado especial da ONU para a crise no leste da RDC, Olusegun Obasanjo, e o líder guerrilheiro Nkunda.

O encontro acontece no território rebelde de Jomba.

fal/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.