Exército e milícias matam 27 talibãs no Paquistão

Islamabad, 9 jun (EFE).- O Exército e milícias tribais mataram 27 fundamentalistas nas últimas 24 horas em combates travados no norte do Paquistão, informou hoje o comando militar, em comunicado.

EFE |

No principal palco da operação em grande escala realizada pelo Exército há semanas, o Vale de Swat, 14 "terroristas" e um soldado morreram, segundo a nota.

As milícias tribais que se formaram no distrito de Alto Dir continuaram atacando os talibãs pelo quarto dia consecutivo e mataram 13 insurgentes.

O Exército afirmou que estas milícias populares tomaram o controle de quatro localidades e se dispõem a expulsar os fundamentalistas de dois de seus pequenos redutos, as localidades de Shatkas e Ghazigae.

Cerca de mil aldeões continuaram, assim, sua ofensiva contra os fundamentalistas, em represália pelo atentado suicida contra uma mesquita em 5 de junho em Alto Dir, que deixou 38 mortos.

O porta-voz militar, Athar Abbas, descartou ontem à Agência Efe que serão mobilizadas tropas nesta demarcação e considerou "positivo" que os aldeões peguem em armas contra os insurgentes.

As autoridades paquistanesas apoiaram em várias ocasiões a criação dessas milícias integradas por civis para combater os talibãs em outros pontos da Província da Fronteira Noroeste e no adjacente cinturão tribal fronteiriço com o Afeganistão. EFE igb-amp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG