Bagdá, 22 mai (EFE).- O Exército dos Estados Unidos informou hoje que suas tropas mataram 11 supostos criminosos, em uma possível referência a milicianos xiitas, durante várias operações no leste de Bagdá.

Segundo um comunicado divulgado hoje, os "criminosos" foram abatidos ontem em cinco incidentes diferentes no leste da capital, reduto da milícia "Exército Mehdi", do clérigo radical Moqtada al-Sadr.

De acordo com a nota, os supostos milicianos morreram quando atacavam soldados americanos e colocavam cargas explosivas nas estradas, enquanto outro grupo estava supostamente viajando com lança-granadas.

"As forças da coalizão darão uma resposta apropriada, efetiva e letal quando alguém quiser colocar bombas na estrada, porque essas armas indiscriminadas matam e ferem muitos iraquianos inocentes", assinala a nota divulgada pelos EUA.

Os EUA costumam tratar como "criminosos" os milicianos xiitas que recebem apoio da Guarda Revolucionária iraniana. EFE am/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.