Reuters - Mundo - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Exército dos EUA detém cinegrafista iraquiano e fotógrafo da Reuters

Bagdá, 4 set (EFE).- As forças dos Estados Unidos detiveram hoje o cinegrafista de uma televisão iraquiana em casa, enquanto ativistas denunciaram a detenção também de um fotógrafo da agência de notícias Reuters há dois dias pelos americanos.

EFE |

A rede de televisão "Baghdad", órgão da formação sunita Partido Islâmico do Iraque, onde trabalha o cinegrafista, informou em comunicado que ele foi detido junto com o pai e dois irmãos durante uma batida dos soldados dos EUA na casa dele, no bairro de Adhamiya, no norte da capital.

A nota não deu detalhes sobre o motivo da detenção e pediu ao Exército americano a libertação dos detidos.

Além disso, a ONG Observatório da Liberdade de Imprensa afirmou em comunicado, emitido hoje, que um fotógrafo iraquiano da agência de notícias britânica "Reuters" foi detido há dois dias em Mahmudiya, cerca de 30 quilômetros ao sul de Bagdá.

O fotógrafo, identificado como Ibrahim Jassam, foi capturado em casa por uma força conjunta do Exército dos EUA e do Iraque.

No texto, o irmão do detido disse que Jassam trabalhava para a "Reuters" há quatro anos e não sabe a causa da detenção. EFE am/an

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG