Exército dos EUA confirma morte de líderes da Al-Qaeda no Iraque

O Exército dos EUA confirmou nesta segunda-feira que forças de segurança do Iraque mataram duas lideranças importantes da Al-Qaeda no país.

iG São Paulo |

"As mortes desses dois terroristas representam um golpe potencialmente devastador para a Al-Qaeda no Iraque", afirmaram em comunicado as forças norte-americanas no país.

Premiê anuncia morte

O primeiro-ministro iraquiano, Nuri al-Maliki, afirmou nesta segunda-feira que o líder da Al-Qaeda no Iraque, Abu Ayyub al Masri, foi morto em um enfrentamento com agentes de inteligência ao norte de Bagdá. Segundo Maliki, Abu Omar al-Baghdadi, considerado líder de uma afiliada local da Al-Qaeda, o Estado Islâmico no Iraque, também foi morto.


Maliki anuncia a morte dos líderes da Al-Qaeda / AP

Em pronunciamento em cadeia nacional, Maliki disse que ambos os líderes teriam morrido na Província de Salaheddin por agentes da inteligência iraquiana, com ajuda de militares americanos. Ao fazer a declaração, Maliki mostrou uma fotografia dos dois terroristas antes e depois de suas mortes.

Abu Ayyub al-Masri também é conhecido como Abu Hamza al-Muhajir. Acredita-se que ele ajudou Abu Musab al-Zarqawi a formar a primeira célula da Al-Qaeda em Bagdá. Zarqawi foi morto em junho de 2006.

O Estado Islâmico no Iraque é uma organização que inclui vários grupos radicais sunitas. A Al-Qaeda no Iraque foi responsabilizada por alguns dos ataques mais sangrentos no país desde a invasão dos EUA, em 2003.

*Com AFP, Reuters e BBC

Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG