Exército do Sri Lanka toma o controle de um aeroporto da guerrilha tâmil

Nova Délhi, 10 jan (EFE).- O Exército do Sri Lanka reivindicou hoje o fechamento de um aeroporto que estava sob o controle da guerrilha tâmil no norte do Sri Lanka, um dia após controlar totalmente a principal estrada que une o norte ao sul do país.

EFE |

O aeroporto está a dez quilômetros da principal cidade que está nas mãos da guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE), e é o quarto conquistado pelas tropas nos últimos meses, diz um porta-voz militar.

"A pista tem 2,5 quilômetros de comprimento e 100 metros de largura. As tropas também tomaram dois hangares vazios, cinco quilômetros ao oeste da lagoa", disse à Agência Efe o porta-voz do Exército, Udaya Nanayakkara.

Os LTTE possuem um número indeterminado de aviões leves Zlin Z-143, de construção tcheca, e executaram no passado várias operações de ataque contra pontos militares do Exército.

A captura do aeroporto acontece apenas um dia após a conquista da estratégica Passagem do Elefante pelo Exército e o conseguinte controle da estrada A-9, que une a cidade peninsular de Jaffna ao resto do país.

A entrada militar na passagem, após nove anos de controle da guerrilha, faz com que os rebeldes fiquem confinados às áreas de selva do distrito de Mullaitivu, após terem perdido também o domínio de sua capital de fato, Kilinochchi.

Na última sexta, o presidente do Sri Lanka, Mahinda Rajapaksa, chamou a tomada da passagem de uma "grande e histórica vitória" e afirmou que a estrada está sob completo controle do Governo pela primeira vez em 23 anos.

O Exército concentra agora suas forças em Mullaitivu após a rápida sucessão de conquistas no território da guerrilha, que realizou várias retiradas táticas por seu menor poderio militar. EFE daa/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG