Exército do Sri Lanka estreita cerco sobre capital rebelde

Nova Délhi, 2 jan (EFE).- O Exército cingalês estreitou o cerco sobre a capital da guerrilha tâmil, Kilinochchi, e se encontra a apenas dois quilômetros do norte, sul e oeste da cidade, disse hoje à Agência Efe um porta-voz militar.

EFE |

As tropas tomaram nesta quinta-feira a estratégica cidade de Paranthan, com o que cortaram as provisões aos guerrilheiros do norte por uma importante estrada, segundo o porta-voz militar Udaya Nanayakkara.

Segundo um comunicado distribuído hoje pelo Ministério da Defesa, a tomada de Kilinochchi é "iminente", já que as tropas penetraram no "perímetro da cidade", em poder da guerrilha dos Tigres de Libertação do Tâmil Eelam (LTTE).

Os LTTE não confirmam as reivindicações do Exército, embora o site partidário da guerrilha, "Tamilnet", tenha reconhecido a queda de Paranthan "com grandes baixas" do Exército cingalês.

O Exército do Sri Lanka está embarcado em uma dura ofensiva contra a guerrilha em seus redutos do norte do país, onde ganhou amplas parcelas de território até agora nas mãos dos rebeldes.

Os LTTE lutam há 25 anos contra o Governo do Sri Lanka pedindo um estado independente para as áreas de maioria tâmil, no norte e no leste do país, em um conflito que já custou a vida de mais de 100 mil pessoas. EFE daa/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG