Exército do Sri Lanka confirma morte de líder da guerrilha tâmil

Nova Délhi, 10 mai (EFE).- O número dois das forças navais da guerrilha tâmil, Chelliyan, morreu durante os combates travados no último reduto dos rebeldes no norte da ilha, informou à Agência Efe uma fonte militar.

EFE |

Segundo a fonte, o líder guerrilheiro morreu em uma ofensiva na qual as tropas do Exército assumiram o controle de uma linha defensiva dos rebeldes no município de Karyalamulleivaikkal no último dia 8.

Antes, o Exército do Sri Lanka tinha informado que "o segundo no comando" da guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE), identificado como Wellayan, tinha morrido nessa ofensiva.

Segundo um breve comunicado, as tropas tinham obtido a confirmação da morte de Wellayan ao interceptar uma comunicação dos LTTE.

Em 24 de abril, um alto comando do Exército afirmou que o líder da guerrilha tâmil, Vellupillai Prabhakaran, permanecia escondido na última faixa de território sob controle dos LTTE.

No começo do ano, as tropas governamentais intensificaram sua ofensiva contra os tigres tâmeis, que resistem em uma zona litorânea de apenas 4 quilômetros junto a cerca de 50 mil civis, segundo cálculos da ONU. EFE mb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG