QUITO - O general Hugo Villegas, chefe do Comando de Operações Amazônico das Forças Armadas do Equador, informou que, em 2009, foram encontradas oito bases novas das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) na zona de fronteira do país com a Colômbia, além de acampamentos velhos e sem uso, publica neste domingo o jornal El Comercio.

Villegas é o responsável da segurança militar da fronteira na Província de Sucumbíos, na fronteira com a Colômbia, e a afirmação foi feita ao ser perguntado sobre os resultados no combate às Farc.

"No ano passado, encontramos acampamentos velhos, sem uso, mas também oito bases novas. Esse tipo de base não era acampamento, mas lugares de campanha, temporários, que não têm nenhuma infraestrutura", disse.

Acrescentou que as identificaram como bases, "porque a vegetação baixa foi limpa e foram feitas certas adequações para descanso".

Villegas afirmou que, nas operações de segurança que fazem na fronteira, sempre buscam "todo tipo de líderes e pessoal" de grupos irregulares armados da Colômbia, já que isso "é parte de nossa missão, a patrulha é permanente".

O Equador e a Colômbia compartilham uma linha fronteiriça de cerca de 720 quilômetros, em sua maior parte de floresta amazônica, onde operam grupos irregulares guerrilheiros, paramilitares e do narcotráfico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.