Exército diz ter matado 72 rebeldes no Sri Lanka

Nova Délhi, 7 abr (EFE).- O Exército do Sri Lanka disse hoje ter matado 72 guerrilheiros tâmeis em uma ofensiva no nordeste da ilha.

EFE |

O confronto aconteceu esta segunda-feira na área de Puthumattalan, no distrito de Mullaitivu, e, após finalizado, o Exército recuperou os corpos de 72 guerrilheiros dos Tigres de Libertação do Tâmil Eelam (LTTE), informou em comunicado o Ministério da Defesa.

O Exército conseguiu isolar neste fim de semana parte dos guerrilheiros tâmeis em seu último reduto e assegurou que mais de 500 rebeldes morreram na ofensiva.

O Exército do Sri Lanka lançou esta segunda-feira uma "manobra tática decisiva" para chegar até os civis que seguem fugindo do conflito.

A guerrilha, que nasceu na década de 1970, há 25 anos luta em guerra aberta contra o Exército para obter um Estado independente no norte e no leste da ilha, áreas do país onde a etnia tâmil tem maior presença.

Desde então, quase 100 mil pessoas morreram no país vítimas conflito. EFE daa/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG