Exército diz que 25 morreram em combates no Paquistão

Islamabad, 30 jul (EFE).- Pelo menos 25 insurgentes morreram no Vale de Swat durante combates com o Exército paquistanês, depois que os rebeldes capturaram na terça-feira 25 policiais e soldados, informou hoje à Agência Efe uma fonte militar.

EFE |

"Não é propriamente uma operação. Os talibãs tomaram ontem como reféns vários soldados e nossas tropas responderam", disse à Efe a fonte, que pediu para não ser identificada.

Os combates ocorreram na área de Mata, no conflituoso Vale de Swat, onde o Exército impôs um toque de recolher indefinido, devido ao aumento da violência registrado, apesar do acordo de paz em vigor.

Segundo o canal televisivo paquistanês "Geo TV", os talibãs paquistaneses que operam em Swat desmentiram a versão do Exército e afirmam que só três de seus combatentes morreram e cinco ficaram feridos.

Os insurgentes atacaram na terça-feira um posto policial na área de Duelai e capturaram 25 membros da Polícia e do Exército, segundo a versão oficial. Os rebeldes afirmam que foram 30 seqüestrados.

Em Swat, informou a "Geo TV", as estradas estão bloqueadas, enquanto as forças de segurança realizam uma operação de resgate dos reféns. EFE igb/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG