Exército destrói 4 barcos da guerrilha no norte do Sri Lanka

Nova Délhi, 20 jan (EFE).- Pelo menos quatro embarcações da guerrilha tâmil foram destruídas pela Marinha do Sri Lanka em uma batalha naval travada no litoral de Mullaitivu, no norte do país, assegurou hoje o Ministério da Defesa.

EFE |

Segundo um comunicado, as tropas governamentais interceptaram uma frota da guerrilha dos Tigres de Libertação do Tâmil Eeelam (LTTE) na última noite e lançaram uma ofensiva em que quatro barcos rebeldes foram destruídos.

Os guerrilheiros detonaram a carga explosiva que transportavam em uma de suas embarcações e causaram danos em um navio de guerra da Marinha, conforme conta a nota.

A informação do Exército vai de encontro à divulgada pelo site partidário da guerrilha "Tamilnet", que assegurou que as forças navais do LTTE lançaram ontem à noite um ataque contra uma frota da Marinha e afundaram um de seus navios.

A Marinha cingalesa mantém quatro frentes defensivas em águas do nordeste do Sri Lanka com uma frota de 25 navios de guerra e patrulhas litorâneas.

O LTTE luta há 25 anos contra o Governo do Sri Lanka por um estado independente no norte e no leste da ilha, áreas onde a etnia tâmil é majoritária.

Quase 100 mil pessoas morreram no país desde o início do conflito e centenas de milhares se encontram deslocadas ou exiladas. EFE mb/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG