Exército descobre maior plantação de maconha do México

Plantação tem 120 hectares e fica perto de fronteira com os EUA; droga produzida poderia alcançar valor de US$ 160 milhões

EFE |

O Exército descobriu no noroeste do México uma plantação de maconha de 120 hectare s, considerada a maior já registrada na história do país, numa operação em que foram presas 16 pessoas, informaram fontes militares na quinta-feira.

O comandante da Segunda Região Militar, general Alfonso Duarte Mujica, indicou que os 120 hectares, cobertos com malha e disfarçadas com plantações de tomate, teriam produzido cerca de 120 toneladas de maconha, com um valor estimado de US$ 160 milhões.

O cultivo foi encontrado no sul do município de Enseada, no Estado da Baja Califórnia, que faz fronteira com os Estados Unidos, a apenas dois quilômetros de uma estrada que percorre toda a península, depois de uma operação terrestre realizada em 12 de junho.

A Secretaria da Defesa Nacional destacou em comunicado que se trata de um "golpe contundente ao crime", já que a plantação, segundo o órgão, é a "maior localizada na história do país", superando a de 105 hectares encontrada previamente.

O general Mujica disse que aproximadamente 60 pessoas que trabalhavam na área fugiram após perceber a presença dos soldados mexicanos, mas os militares conseguiram deter pelo menos 16 pessoas que faziam trabalhos por um dia, todas procedentes do Estado de Sinaloa.

Principal porta de entrada de drogas para os EUA, o México registrou em 2009 uma produção de maconha de aproximadamente 19 mil toneladas, de acordo com estimativas oficiais.

O país vive desde dezembro de 2006 uma onda de violência relacionada à disputa entre os cartéis do tráfico de drogas pelo controle do território, e entre esses grupos e as Forças Armadas. Essa onda já deixou cerca de 40 mil mortos.

    Leia tudo sobre: méxiconarcotráficocartéis de drogasmaconha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG