Exército de Ruanda entra na RDC para perseguir rebeldes hutus

Um batalhão ruandês entrou na manhã desta terça-feira em Goma, leste da Republica Democrática do Congo, para perseguir, em uma operação conjunta com o Exército congolês, os rebeldes hutus ruandeses refugiados na RDC, informaram fontes militares.

AFP |

Entre 800 e 1.500 soldados ruandeses de infantaria chegaram à localidade de Kibumba, 35 km ao norte de Goma, a capital da província de Kivu Norte.

O governo ruandês e o da RDC anunciaram em 5 de dezembro de 2008 a intenção de combater juntos as Forças Democráticas para a Libertação de Ruanda (FDLR), refugiadas no leste da RDC desde o genocídio en Ruanda em 1994.

jpc/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG