Exército de Israel investigará soldados que atuaram na guerra de Gaza

O exército israelense abriu 14 investigações contra soldados suspeitos de condutas criminosas durante a ofensiva que Israel lançou na Faixa de Gaza entre dezembro e janeiro passados e na qual morreram mais de 1.400 palestinos, informou o jornal Jerusalem Post.

AFP |

O procurador-geral do Exército, general Avichai Mandelblit, ordenou à polícia militar que inicie os procedimentos criminais em relação aos casos que estão sendo examinados.

Indagado pela AFP, um porta-voz do exército hebreu não comentou a informação.

Para um dirigente militar, citado pelo jornal, estas investigações demonstram que o exército israelense não precisa, para realizar investigações internas, das pressões de organizações de defesa dos direitos humanos.

jlr/cn

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG