Exército da Índia desfila em Paris no dia 14 de julho

Pela primeira vez de sua história, o Exército da Índia desfilou fora de seu território nesta terça-feira na famosa avenida dos Champs-Elysées, em Paris, por ocasião da festa nacional francesa de 14 de julho.

AFP |

Na presença do primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, o desfile foi aberto pelos militares de um dos regimentos de infantaria mais antigos do subcontinente, o de Maratha (estado de Maharashtra, oeste da Índia), criado em 1768 e que participou da Segunda Guerra Mundial. Vieram em seguida unidades da Força Aérea e da Marinha indianas.

Os cerca de 400 soldados indianos que desfilaram foram saudados de pé pelas personalidades reunidas na tribuna presidencial instalada na praça da Concórdia, entre as quais o presidente francês, Nicolas Sarkozy.

O convite feito à Índia de participar do desfile deste ano se deve à vontade da França de comemorar a "parceria estratégica" entre os dois países, e também de consolidar seu terceiro lugar na classificação dos maiores fornecedores mundiais de equipamentos de defesa.

Em 2005, Paris vendeu a Nova Delhi seis submarinos Scorpene equipados com 36 mísseis por um valor de 2,4 bilhões de dólares. Além disso, o avião Rafale, do consórcio francês Dassault Aviation, está bem posicionado na licitação de 12 bilhões de dólares lançada pela Índia para adquirir 126 caças.

Na Índia, o desfile dos Champs-Elysées foi transmitido ao vivo pelos principais canais de televisão do país.

Em janeiro de 2008, o presidente Nicolas Sarkozy foi o convidado de honra do desfile militar da festa da República indiana em Nova Delhi. Durante esta visita, os dois países reafirmaram a "parceria estratégica" que os une desde 1998.

rh/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG