Exército da Colômbia anuncia a morte de dois líderes das Farc

Seis guerrilheiros, entre eles dois destacados líderes das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), morreram nas últimas 24 horas em um bombardeio e em combate registrados em localidades do norte e do noroeste da Colômbia, informou o Exército neste sábado.

AFP |

Considerado chefe da frente 24 da guerrilha das Farc, 'Rubiel Colorado' e outros quatro rebeldes morreram em um bombardeio na cidade de San Pablo, no departamento (estado) de Bolívar, 920 km ao norte de Bogotá, informou o exército colombiano.

"Aeronaves de combate desenvolveram a operação na zona rural de San Pablo, onde foram mortos 'Rubiel Colorado' e outros quatro insurgentes mais, entre os quais está a companheira sentimental" do primeiro, acrescentou o comunicado.

Em outra operação lançada na cidade de Toledo (480 km a noroeste de Bogotá, no departamento de Antióquia), foi morto Juan Bautista Peña, acusado de matar membros da força pública e cometer atentados com explosivos contra a infra-estrutura energética, segundo os militares.

Peña, que tinha 18 anos de Farc, era um dos líderes da frente 36 e também era acusado de instalar minas antipessoais e de tráfico de drogas, destacou o comando da IV Brigada do Exército, com sede na cidde de Medellín, capital da Antióquia.

"Este indivíduo foi abatido em combate, após o que foram apreendidos dois fuzis M16, munições e material para elaborar minas antipessoais", destacou a IV Brigada.

Leia mais sobre: Farc

    Leia tudo sobre: farc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG