Exército colombiano denuncia que Farc usam cianureto e fezes nas balas

O Exército colombiano denunciou nesta segunda-feira que a guerrilha das Farc colocam cianureto e excrementos nas balas com o objetivo de matar ou provocar infecções graves nos soldados feridos, no que considera uma guerra química.

AFP |

"Parece mentira, mas de fato a Colômbia está sofrendo com o uso indiscriminado de certos elementos químicos por parte das Farc para assassinar nossos homens", afirmou o chefe do Estado-Maior, almirante David Moreno, ao jornal 'El Nuevo Siglo' de Bogotá.

Os insurgentes utilizam cianureto nas munições das armas, o que "permite assassinar uma pessoa que foi ferida. Nossos soldados estão sendo assassinados com balas envenenadas com cianureto", disse.

"Em outros casos as autoridades descobriram o uso de excrementos nos projéteis e armadilhas para causar graves infecções na pessoa que fica ferida em um combate", completou.

"É preciso denunciar que as Farc estão utilizando uma guerra química para acabar com os colombianos", destacou.

As autoridades estão em alerta máximo para possíveis ataques por ocasião dos 45 anos de fundação, em 27 de maio, das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

sab/fp/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG