Exército colombiano apreende explosivos que seriam das Farc

Bogotá, 5 jul (EFE).- O Exército colombiano informou hoje a apreensão de uma tonelada de explosivos de supostos rebeldes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) no departamento de Cundinamarca, próximo a Bogotá, que aparentemente seriam utilizados para realizar atentados na capital.

EFE |

O material explosivo foi achado na sexta-feira ao anoitecer em um sítio da localidade de Bojaca, cerca de 40 quilômetros a oeste de Bogotá.

Segundo o general Luis Eduardo Pérez, chefe da 13ª Brigada do Exército, a operação não deixou feridos.

Os militares encontraram 1.027 quilos de explosivos que, supostamente, seriam utilizados por insurgentes das Farc em diferentes pontos de Bogotá.

As autoridades colombianas realizam operações especiais para evitar possíveis atentados, depois de o Exército resgatar na última quarta-feira a ex-candidata presidencial Ingrid Betancourt, três americanos e 11 militares e policiais que haviam sido seqüestrados pelas Farc.

O oficial explicou que os explosivos estavam escondidos em sacos, localizados graças a informantes e pertenciam à Rede Urbana Antonio Nariño da guerrilha.

Ele acrescentou que as pessoas que cuidavam dos explosivos fugiram antes da chegada das tropas.

O general Pérez afirmou também que "nos últimos dias se intensificaram os controles e as operações do Exército em povoações próximas à cidade de Bogotá, para evitar ações criminosas das Farc".

EFE gta/rb/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG