Tamanho do texto

LONDRES - O Ministério da Defesa da Grã-Bretanha afirmou que cinco soldados, cuja tarefa principal era guardar a rainha, foram dispensados do exército depois de falharem num exame que detecta o uso de drogas.

O ministério afirmou nesta terça-feira que os soldados faziam parte da Tropa Real de Artilharia Montada do Rei.

A unidade fica em Londres e é responsável pela salva de tiros que comemora eventos reais, como o aniversário oficial da rainha.

Eles também participam da abertura do Parlamento em meados de novembro.

O exército afirmou que não irá tolerar o uso de drogas entre suas tropas.

Leia mais sobre exército