Exército birmanês mata mulher e 2 crianças da minoria étnica karen

Bangcoc, 29 mar (EFE).- O Exército de Mianmar (antiga Birmânia) assassinou uma mulher e duas crianças durante o ataque e posterior incêndio de uma aldeia da etnia karen na região central do país, informou hoje o grupo humanitário Free Burma Rangers.

EFE |

O ataque aconteceu na segunda-feira passada no povoado de Kaw Hta, a cerca de 170 quilômetros ao norte de Yangun, quando os militares dispararam contra a população e mataram a mulher, de 35 anos, uma menina de cinco e um bebê de cinco meses, deixando à mãe ferida.

Desde janeiro passado, cerca de 3.000 pessoas da minoria karen continuam escondidas nas selvas próximas a Kaw Hta por causa das incursões do Exército, que deixaram um saldo de seis mortos e mais de 200 casas destruídas. EFE grc/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG