Exército argelino mata membro da Al Qaeda no Magrebe Islâmico

Argel, 20 dez (EFE).- O Exército argelino matou na sexta-feira um membro da Al Qaeda no Magrebe Islâmico (AQMI) na província de Boumerdès, a 35 quilômetros de Argel, informaram hoje fontes da segurança do país.

EFE |

O suspeito, que estava com um fuzil e cuja identidade não foi revelada, morreu em uma operação das forças do Exército em uma floresta próxima à localidade de Zemmouri, segundo as fontes.

Estas indicaram que se trata de um membro da AQMI, organização particularmente ativa nessa parte da Argélia.

Por outro lado, e segundo a imprensa local, cinco pessoas foram detidas nos últimos dois dias suspeitas de apoiar grupos terroristas.

Estas detenções foram praticadas na província de Tizi Ouzou, capital da Cabília. Entre os detidos, está um médico, segundo as mencionadas fontes. EFE sk/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG