Argel, 11 out (EFE).- Cinco rebeldes islâmicos morreram em duas operações lançadas por unidades do Exército da Argélia, informou hoje um fonte oficial.

Quatro dos combatentes, que estavam com fuzis kalashnikov, morreram em um tiroteio que ocorreu na noite da quinta-feira, quando viajavam em um automóvel na província de Tlemcen, perto da fronteira com o Marrocos.

O quinto indivíduo, que morreu na noite da quarta-feira em um bairro popular da localidade de Jijel, no leste da Argélia, foi identificado como Farid Dujane, um militante islâmico procurado há muitos anos. Dois fuzis e uma pistola foram encontrados ao lado do cadáver. EFE sk/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.